Contratar Um Projetista Freelancer Ou Fazer Você Mesmo Seus Projetos? | Curso de Promob
Curso de PROMOB Homologado e Certificado pela PROCAD

Contratar Um Projetista Freelancer Ou Fazer Você Mesmo Seus Projetos?

Contratar Um Projetista Freelancer Ou Fazer Você Mesmo Seus Projetos?

Loading Likes...

Você está com o empreendimento em andamento, produzindo Projetos, atendendo com eficiência e obtendo bons resultados (vendas) mas sente que é hora de crescer.

Ou sente que poderia estar melhor (vendendo mais) se dedicasse mais tempo aos Clientes sem perder a qualidade dos Projetos ou dedicasse mais tempo aos Projetos sem deixar de atender.

Ou sente que não vende como deveria porque não dedica tempo adequado aos Projetos, aos Clientes ou ambos.

Ser empreendedor implica em estar em um destes momentos, o tempo todo. E você já deve ter se perguntado qual seria a melhor opção – contratar um Projetista Freelancer ou fazer você mesmo seus Projetos. E em paralelo existe a opção de contratar um Projetista Permanente (CLT).

Esta questão é complexa exige algumas análises técnicas e de Negócio.Vamos falar dos aspectos que influenciam ela.

 

Você Está Começando Seu Empreendimento

A opção recomendável é fazer os próprios Projetos. Eles são a alma do Produto e é extremamente importante, neste estágio em que tudo é novo, entender:
• A complexidade do método/sistema definido –até muda-lo se for melhor.
• O tempo – para aprimorar a qualidade da venda e a relação com os Clientes.
• O custo – neste caso, o tempo não usado com prospecção e atendimento de Negócios.
 
Alguns aspectos são fundamentais para que este modelo seja eficiente:
Definir e documentar o processo, da Visita à Entrega
O Projeto impacta e é impactado neste processo, que deve estar bem definido e realista quanto às possibilidades de cumprir e permitir que correções aconteçam com eficiência.
Visão do Negócio.
Dedicar menos tempo à Execução para focar mais nas Visitas pode prejudicar a qualidade dos Projetos. O oposto pode impedir que o Negócio deslanche comercialmente. É preciso encontrar um equilíbrio.
É uma sociedade? Dividir para multiplicar
Um Projetista e um Vendedor. Isso ajudará muito a atender bem no começo e ganhar escala à medida que a confiança aumente.

 

Seu Empreendimento Está Navegando

Projetista Freelancer

Custo x Receita

A tendência é acharmos que a terceirização pode abrir espaço para investir em novos Negócios. Nem sempre. Vai depender da maturidade desta oportunidade.

• Se há potencial de Clientes e Vendas a curto prazo que compense a mudança.

• Se a rentabilidade dos Projetos atuais e novos em potencial absorve este custo.
• Aprovados estes pontos, é recomendado que uma estratégia de transiçãoesteja pronta e até mesmo testada ainda no modelo de Execução Própria.

 

Perfil do Profissional

Profissionais experientes tem formas consolidadas de trabalho que podem não se alinhar com a sua filosofia – relação com clientes, método/sistema, prazos. Importante entender estes pontos e negociar onde for possível. E costumam termuita demanda e pouca disponibilidade. Talvez funcionem melhor em negócios pontuais e estratégicos onde o ganho compense uma exclusividade. Isso pode levar a mais de um profissional – e à complexidade disto.
Profissionais com menos experiência são mais abertos à filosofia e as prioridades do contratante.Mas podem requerer uma transição mais longa e paciente – o planejamento pode fazer toda a diferença.
O conhecimento prévio do método/sistema que sua empresa usa é um diferencial. Raramente você terá tempo para que ele aprenda. Um treinamentotambém é altamente recomendável.
• Um Profissional Freelancer de qualidade tem uma agenda comprometida e isto pode impactar no custo e na entrega dos Projetos. É importante a atenção, principalmente com as vistas a Clientes (se for o caso).
Documentar e muito. Um Freelancer não trabalha com exclusividade. Um Contrato abrangente garante a relação e a segurança dos dois lados.

 

Projetista Permanente (CLT)

Custo x Receita

• Muito cuidado na hora de custear um profissional CLT. Além do salário, podemos estimar custos trabalhistas em torno de 70% dele e os benefícios – alguns podem não ser obrigatórios no seu caso.
• Não há uma regra que defina o maior custo, Freelancer ou CLT. O perfil (experiência/disponibilidade) do Freelancer pode pesar. O ideal é custear ao máximo as duas opções antes de decidir.

 

Perfil do Profissional
• Profissionais de CLT são colaboradores formais, submetidos às Políticas e Processos da sua empresa. Isto garante que o objetivo de qualidade seja atingido.
• Pode ser uma alternativa mais rápida para a transição, mas o CLT precisa ser gerido e avaliado, o que demanda seu tempo e dedicação. Treinamento é outro ponto fundamental.

 

Podemos dizer que conhecer o momento do seu Negócio e avaliar o próximo, em toda a sua complexidade (clientes, vendas, rentabilidade, entregas), são fundamentais para decidir se é possível ou recomendável mudar o modelo de Execução de Projetos e qual o melhor.Sabendo que o dinamismo pode mudar esta decisão rapidamente.

Verificando...

Comente

Seu endereço de e-mail não será publicado.

*

WhatsApp chat